Avião chinês voa usando óleo de cozinha reciclado como combustível

A companhia aérea chinesa Hainan Airlines completou este fim de semana o primeiro voo de passageiros do país usando óleo de cozinha usado em restaurantes e reciclado como combustível, o que o setor da aviação nacional considerou um “passo gigante” para a indústria.

O voo regular, um Boeing 737 com 100 passageiros a bordo, partiu no sábado }(21) de Xangai e chegou a Pequim no mesmo dia, utilizando biocombustível elaborado pela refinaria chinesa Sinopec com óleo de cozinha recolhido de restaurantes, divulgou nesta segunda-feira (23) a imprensa chinesa.

O vice-presidente da Hainan Airlines, Pu Ming, foi o piloto deste voo, que usou o óleo reciclado como combustível combinado com combustível derivado do petróleo tradicional, em uma proporção de 50% para cada um de seus dois motores.

Hainan Airlines conseguiu se adiantar de surpresa nesta conquista à companhia de Hong Kong Dragonair (subsidiária da Cathay Pacific), que tinha anunciado poucos dias antes que seria a primeira a voar sobre a China com óleo reciclado, mas que teve que adiar a operação por problemas de permissões legais.

Este biocombustível emite entre 50% e 80% menos de dióxido de carbono que os voos com combustível derivado do petróleo tradicional, e a expectativa é que seu uso reduza a poluição gerada pela aviação, embora seu uso ainda seja pontual devido ao alto custo.

Os primeiros aviões de passageiros que usaram biocombustível foram fretados pela companhia alemã Lufthansa em 2011, ano no qual China também começou a realizar testes com esta nova tecnologia.

Fonte: Agência EFE.

Email this page
Este post foi publicado emcombustível, Energia, Internacional, Leitor, Sustentabilidade, Tecnologia e tags , , , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta