Envenenamento por cádmio deixa 26 mortos na China

Pelo menos 26 pessoas morreram de envenenamento por cádmio e outras centenas ficaram doentes desde 2009 perto de uma fábrica abandonada no centro da China informaram meios de comunicação locais nesta quarta-feira.

Amostras do solo de Shuangqiao, na província de Hunan, continham níveis de cádmio 300 vezes acima do permitido e quantidades excessivas foram encontradas em 500 dos 3.000 moradores testados pelas autoridades de saúde, informou o China Youth Daily.

O jornal afirmou que 26 pessoas morreram como resultado da exposição ao cádmio nos últimos quatro anos, oito delas com menos de 60 anos e 20 delas de câncer, enquanto crianças na aldeia nasceram com deformidades.

Uma grande fábrica de produtos químicos operava na aldeia até 2009 e uma enorme pilha de lixo industrial permanece no local, provocando “um odor que não vai embora”, disse o jornal.

O jornal descreveu a situação como “um dos 10 maiores incidentes de poluição do país”.

O cádmio é altamente tóxico e a exposição ao metal “é conhecida por causar câncer”, segundo o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos.

Fonte: Exame.com

 

Email this page
Este post foi publicado emDesastres, Internacional, Leitor e tags , , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta