Taiuaneses protestam contra abertura de usina nuclear

Milhares de pessoas protestaram nas ruas de Taipé contra o uso da energia nuclear em Taiwan, com apoio de dirigentes do opositor Partido Democrata Progressista (PDP), e exigiram que as obras da quarta usina nuclear da ilha sejam paradas.

A União de Proteção Meio Ambiental de Taiwan (UPMT) convocou a manifestação, realizada no domingo, na qual participou o ex-primeiro-ministro Chang Chun-hsiung, do PDP, que pediu a parada das obras da usina nuclear e a não realização do plebiscito sobre o tema que o Governo quer impulsionar.

“Os perigos do uso da energia nuclear e o apoio popular para que não se utilize deveriam convencer o Governo da necessidade de parar a construção da quarta usina nuclear”, disse no evento o presidente do PDP, Su Tseng-chang, que considera desnecessário o plebiscito.

A UPMT pediu ao Governo que as pessoas que vivem em um raio de 50 quilômetros da usina nuclear tenham o poder de decisão sobre sua construção.

Taiwan, que não tem recursos energéticos próprios, produz com três usinas nucleares 20% da energia elétrica utilizada em sua indústria e consumo doméstico, e o resto é principalmente obtido do gás natural e do petróleo, segundo dados do Ministério da Economia.

Fonte: Agência EFE
Email this page
Este post foi publicado emEnergia, Internacional, Leitor e tags , , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta