Avião solar bate recorde em travessia pelos EUA

O Solar Impulse, primeiro avião tripulado que voa de dia e à noite movido exclusivamente a energia solar bateu, nesta quinta-feira, um novo recorde, ao completar a segunda etapa da sua travessia pelos Estados Unidos. Foram percorridos 1.541 quilômetros, a maior distância já cumprida por um avião solar.

Fonte: www.info.abril.com.br

O recorde anterior também havia sido alcançado pela aeronave há um ano, quando completou o percurso de 1.116 quilômetros entre a Suíça e a Espanha.

O projeto, idealizado e comandado por dois pilotos suíços, tem como objetivo demonstrar o que pode ser conquistado sem combustíveis fósseis. A meta é que a aeronave possa realizar um voo ao redor do mundo em 2015.

O avião revolucionário pousou no aeroporto Dallas-Fort Worth, no Texas, às 01h08 do horário local, depois de um voo de 18 horas e 21 minutos que saiu de Phoenix, no Arizona.

“Essa etapa foi particularmente difícil por causa de ventos fortes na hora da aterrissagem. O piloto precisa ficar acordado por mais de 20 horas, sem recorrer ao piloto automático em nenhum momento”, explicou o piloto André Borschberg, que tem a marca do voo mais longo com energia solar: 26 horas.

Depois de Dallas, o avião solar viajará para Saint Louis, no Misouri. No meio de junho, partirá para o aeroporto Dulles, próximo à capital Washington. O Solar Impulse chegará ao seu destino final em julho: o aeroporto Kennedy, em Nova York.

O avião permanece vários dias em cada local de escala para permitir que a população o conheça e converse com os pilotos. A aeronave, de 1,6 tonelada de fibra de carbono, teria condições técnicas para fazer o voo sem escalas, mas as autoridades proibiram o feito porque o avião só tem lugar para um piloto, que só pode voar por até 24 horas.

Fonte: Info.abril

Email this page
Este post foi publicado emCuriosidades, Energia, Internacional, Leitor, Tecnologia e tags , , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta