Ciclistas se reúnem para reivindicar mais espaço nas ruas de Curitiba.

Neste domingo (12), ciclistas e simpatizantes da bicicleta como meio de transporte se reuniram em Curitiba para solicitar a inclusão das bikes no planejamento do transporte público da capital paranaense. No encontro no Museu Oscar Niemeyer, também foi lançada a segunda etapa da campanha de coleta de assinaturas do movimento VotoLivre.org.

A iniciativa, inédita no país, estimula o exercício da democracia direta através da internet, com a coleta de assinaturas para apresentação de um projeto de iniciativa popular na Câmara dos Vereadores da capital.

Formada exclusivamente por representantes da sociedade civil local, o VotoLivre.org busca reunir apoio de eleitores aprovar a “Lei da Bicicleta”. A proposta prevê a destinação de 5% da malha viária local para a construção de ciclovias e ciclofaixas no modelo funcional – hoje as ciclovias da cidade são voltadas exclusivamente ao lazer –, a criação de um sistema público de aluguel de bicicletas além de campanhas de sensibilização para cultura do uso da bicicleta como meio de transporte.O advogado Henrique Ressel, um dos idealizadores do VotoLivre.org, explica que um dos diferenciais da nova versão é a conectividade com as redes sociais além da simplificação do cadastro, que contará com certificação digital para validação dos votos. “Isso vai ampliar o alcance da iniciativa, que nada mais é que a democracia exercida de forma livre e direta. Está na hora de votar em idéias e não em pessoas”, complementa.

Para apresentar o projeto de lei, serão necessárias 65 mil votos, o equivalente a 5% do eleitorado curitibano. Atualmente, a iniciativa conta com 4,8 mil votos. “O número parece baixo mas, para efeito de comparação, nas eleições municipais de 2008 nove vereadores foram eleitos para a Câmara Municipal de Curitiba com 4,8 mil votos ou menos”, compara o empresário Marcos Juliano Ofenbock, que também coordena o projeto.

Email this page
Este post foi publicado emSustentabilidade e tags , , , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta