Miami tem primeiro caso local de Dengue nos últimos 50 anos

Pela primeira vez em 50 anos um  cidadão de Miami foi diagnosticado (e devidamente curado) de um caso de Dengue, contraído localmente. Isso ocorreu após a descoberta de outros 24 casos da doença também locais em Key West, durante o verão.

Aedes aegypti - Fonte: Wikipedia

Normalmente, a maior parte dos casos de dengue descobertos nos EUA corresponde a pessoas que viajam para regiões onde a doença é endêmica. Durante o verão em Key West foram diagnosticados outros 49 casos em pessoas que haviam viajado recentemente.

Atualmente, ambas as espécies de mosquitos transmissores da dengue (Aedes aegypti and Aedes albopictus) estão presentes na Florida, mas a última vez que houve algum caso da doença foi por volta de 1930.

A relevância ambiental disso é que, embora não se possa relacionar apenas um único caso com a expansão de focos da doença devido às mudanças climáticas, isso indica que muita coisa pode estar por vir.

No ano passado, o Conselho Americano de Defesa aos Recursos Naturais (NRDC) publicou um estudo sobre a expansão potencial da dengue nos EUA que mostrou que os mosquitos transmissores se instalaram em 28 estados americanos. A tendência é que eles se espalhem por mais estados ainda enquanto as mudanças climáticas deixam as condições mais favoráveis a eles. Isto significa uma maior exposição da população aos insetos e por conseqüência maior risco de contrair uma doença potencialmente fatal.

Email this page
Este post foi publicado emSaúde e tags , , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta