Novos estádios para a copa de 2014 terão que atender exigências ambientais

Os estádios em construção para a copa de 2014 que quiserem obter apoio do BNDES terão que atender alguns requisitos ambientais. As exigências básicas para que o banco aprove o financiamento são: aproveitamento da água de chuva nos banheiros e nos gramados, coleta seletiva de resíduos, otimização da ventilação e da iluminação naturais, reciclagem do material de demolição e uso de biocombustíveis.

Projeto do futuro estádio Vivaldão no Amazonas

Até o momento, os estádios que já procuraram o BNDES foram os de Amazonas, Bahia, Ceará e Mato Grosso. Cada um pode conseguir até 400 milhões de reais em financiamento, mas para isso terão que apresentar certificados ambientais reconhecidos internacionalmente.

Os custos, porém, poderão ser muito maiores. O estádio de Manaus, por exemplo, deve custar cerca de R$ 50 milhões a mais, mas os arquitetos responsáveis pelos projetos, afirmam que a médio e longo prazos o investimento é compensado. Principalmente no uso de energia limpa dos painéis fotovoltaicos.

As obras deverão ser acompanhadas pelas agências desde o início da construção. Já que para a obtenção do certificado é preciso levar em consideração a escolha e até mesmo o transporte do material.

Email this page
Este post foi publicado emArquitetura e Construção e tags , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta