Comedouros de pássaros são a causa da evolução de novas espécies

Muitas pessoas alimentam pássaros  com a simples intenção de”enfeitar” os seus jardins com os animaizinhos.  Cientistas da Inglaterra descobriram recentemente que o ato alimentar pássaros  está causando um grande impacto à longo prazo nos animais. Tão grande que eles acreditam que isso  trouxe animais de espécies muito recentes à proximidade do primeiro passo da evolução.

comedouro

De acordo com a BBC, cientistas descobriram que as pessoas que alimentam pássaros causaram um maior impacto nos passarinhos conhecidos como Toutinegra de Barrete Preto (Blackcaps em inglês).  O instinto natural desses pássaros sempre foi de migrar para a Espanha onde passavam os seus invernos, com abundância de frutas.  Mas o aumento de “comeudoros de pássaros” no Reino Unido mudou isso.  De acordo com os cientistas algumas das Toutinegras agora seguem um diferente “caminho evolucionário”, passando o inverno  alimentando-se  nos jardins britânicos.

Esses pássaros optaram  por começar a formação de uma nova espécie de pássaros, graças à todos os Ingleses que  disponibilizam comeudoros para pássaros em seus jardins. Os pesquisadores disseram que a equipe notou que os pássaros que migraram para o Reino Unido no inverno, encontravam-se nos primeiros estágios de uma nova espécie.

O líder dos pesquisadores, Dr. Shaefer, explicou que algumas das Toutinegras sempre acabavam migrando um pouco mais longe em direção ao norte do que as outras e eventualmente acabavam chegando no Inglaterra. Esses passarinhos, porém, não teriam nada para comer por lá. Foi quando comedouros de jardim para pássaros se tornaram populares na Inglaterra, que uma divisão evolucionária começou a emergir.

As novas Toutinegras apresentam diferente plumagem, bico e asas.  As asas agora são mais arredondadas, devida à viagem mais curta que agora eles tem que fazer, e os bicos ficaram mais alongados, para que possam alcançar o alimendo dentro dos comedouros com maior facilidade.  Essas mudanças evolucionárias ocorreram em apenas 50 anos.

Para os cientistas, o ocorrido foi encarado como um favor da humanidade aos animais. O Dr. Schaeffer afirmou “Que os passarinhos encontraram uma área para passar o inverno muito melhor e mais próxima a seus territórios  de criação, onde podem encontrar comida facilmente.  Eu também acho que isso é uma notícia positiva para nós, pois significa que nem todas as mudanças que nós produzimos nçao necessariamente ruins, e que algumas espécies tem o poder de se adaptar rapidamente à mudanças”. É confortante saber que nos dias de hoje, nós humanos somos capazes de fazer um pouco de bem à esse planeta também.

Email this page
Este post foi publicado emBiodiversidade e tags , , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta