Lata de Coca-Cola sem pintura diminui poluição e gasto de energia

O designer Harc Lee criou uma versão “nua” da lata de Coca Cola para substituir a lata comum típica vermelha e branca. Esta lata de alumínio foi criada sem o uso de nenhum tipo de pintura ou coloração, e colabora com a redução de poluição e o uso de energia associado a produção e reciclagem de latas de alumínio.

cocacola

Ao invés de tingir a lata com tintas tóxicas utilizadas normalmente nas latas tradicionais de Coca-Cola, a lata monocromática de Harc Lee utiliza uma máquina que utiliza a pressão para imprimir em alto relevo a marca na lata.

Apenas deixando de se utilizar tintas, a lata reduz poluição do ar e da água que ocorre durante o processo de coloração. Além disso, as latas nuas também facilitam o processo de reciclagem, pois antes de qualquer lata ser utilizada para este fim, deve-se remover a pintura, um processo que utiliza muita energia e esforços nas usinas de reciclagem.

É claro que esta é apenas um dos milhões de latinhas que podemos encontrar no mundo. Mas colocando tudo em perspectiva, apenas a Coca Cola produziu em 2007, 67,8 milhões de latas de Coca Cola Classic. Isso sem contar a Coca Cola Diet e a Zero, que se adotassem a versão “nua”, totalizariam aproximadamente 75,3 bilhões de latas todos os anos.

O projeto é ainda apenas um protótipo, e não se sabe se a Coca-Cola irá adotar o novo look. Não podemos tirar os méritos do designer Harc Lee pela idéia simples e muito inovadora. O próximo passo cabe aos consumidores.

Email this page
Este post foi publicado emSustentabilidade e tags . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta