As 5 principais fontes poluidoras da água

Se você acha que jogar a embalagem do seu sanduíche em um rio durante o final de semana no camping é a forma mais comum de poluição da água, pense mais uma vez: do escorrimento superficial de áreas agrícolas ao tratamento de efluentes, a poluição afeta cada vez mais as fontes de água terrestres. Confira abaixo 5 dos mais invasivos tipos de poluição dos recursos hídricos (mas por favor, ainda assim jogue aquela embalagem do seu sanduíche no lixo).

Efluentes e fertilizantes
Efluentes e fertilizantes podem não representar um risco tão grande como outros poluentes, mas mesmo assim eles ainda apresentam os seus perigos. Em pequenas quantidades, eles são “quebrados” naturalmente e não representam risco nenhum aos corpos d’água, porém, quando a sua descarga na água é grande, a quantidade de oxigênio dissolvido pode decair, atingindo níveis críticos à vida aquática.

Chuva Ácida
A chuva ácida, diferente do que se pensa, representa ainda em muitos lugares um dos principais problemas de poluição. A queima de combustíveis fósseis libera compostos que interagem com as moléculas de H2O presentes no ar, podendo formar os ácidos nítrico e sulfúrico, que poluem as águas e solos afetados pela chuva. Quando em grande quantidade, esses ácidos são capazes de inibir o crescimento de plantas, e degradar os solos em uma escala muito grande.

Fontes difusas
Toda a poluição da água pode acontecer de apenas duas maneiras: pontual ou difusa. A poluição difusa é proveniente de fontes indiretas, como o escorrimento superficial em áreas agrícolas, ruas pavimentadas, etc. É impossível definir o poluidor original nesses casos, mas elementos químicos e compostos tóxicos acabam chegando aos corpos d’água do mesmo jeito, por meio de galerias de drenagem pluvial ou rios.

Indústria Petrolífera
Todas as etapas do setor petrolífero, desde as escavações até o transporte, podem indicar possibilidades de poluição dos recursos hídricos. De plataformas que são comprometidas por clima desfavorável, como no caso da costa do Golfo, petroleiros que ocasionalmente sofrem derrames acidentais, os danos nunca são intencionais, mas ainda assim são um dos maiores perigos às águas limpas e à vida aquática.

Calor
Este ultimo pode não parecer uma coisa ruim, mas a descarga de água quente, geralmente proveniente do resfriamento de caldeiras ou outros sistemas industriais, são capazes de alterar a temperatura natural dos corpos d’água, podendo alterar a biologia da água e causar danos à vida aquática. Desta forma, a poluição térmica pode causar tantos danos quanto os outros tipos de poluição.

Email this page
Este post foi publicado emPoluição e tags . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta