Novo computador da IBM reusa calor para aquecer o ambiente

A nova tecnologia verde em que IBM está se aventurando à lançar é um computador de alta eficiência que utiliza um sifão e água para o seu resfriamento e o excesso de energia e calor para aquecer o ambiente.

As grandes companhias do setor, da Microsoft à Google, estão motivadas à cortar grandes quantidades de energia utilizada para manter seus bancos de dados, particularmente agora que a recessão está levando todas as empresas à cortar os custos e o aquecimento global à implantar estratégias mais sustentáveis.
Desenvolvidos pela IBM em conjunto com o Instituto Federal Suíço de Tecnologia, os microchips do novo computador evitam o resfriamento pelo grande inimigo da eficiência energética, o ar condicionado.

Graças a um canal de micro-capilares que levam a água às proximidades dos microchips, o sistema pode ser resfriado de uma temperatura de 60ºC, diferente de resfriadores regulares que necessitam de temperatura de aproximadamente 20ºC, ou temperatura do ar entre 6 a 12 ºC, segundo o Dr. Thomas Brunschwiler, cientista da IBM.

“Tipicamente usaria-se o ar condicionado de maneira intensiva, mas isso será eliminado com o uso da água na transferência de calor dos chips,” disse Brunschwiler.

De acordo com a IBM, o computador irá reduzir 40% do consumo geral de energia e economizar mais de 30 toneladas de CO2 no ano.

Além disso, o calor excessivo gerado pelo computador será transportado pela água pelos tubos do sistema de aquecimento do prédio. O sistema de 25 kilowatts corresponde por uma fração muito pequena da demanda geral de energia, mas pesquisadores dizem que a sua aplicação no futuro é promissora.

“Em um sistema futuro, se este modelo for aplicado a toda a central de dados, será uma grande fração da demanda total de energia de uma entidade como esta,” disse o Dr. Bruno Michel da IBM em Zurich.

Pode levar um tempo, porém, para isso acontecer. O super-computador não começará a operar antes de 2010, e a companhia ainda não estimou quanto irá custar para produzi-lo, sós e sabe que será mais do que um super-computador com um sistema de resfriamento normal.O retorno do investimento, porém, é dado em um ano devido à eficiência do sistema.

Email this page
Este post foi publicado emEmpresas, Sustentabilidade, Tecnologia e tags , , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta