Entidades de Classe e a Responsabilidade Social

A Responsabilidade Social está cada vez mais presente no mundo corporativo, transformando o tema muitas vezes como um diferencial competitivo, em um cenário onde a informação é disseminada de forma rápida e fácil aos formadores de opinião, e estes entendem a importância e a urgência de um modelo de desenvolvimento sustentável baseado no tripé, ambientalmente correto, socialmente justo e economicamente viável, empresas que atendem o consumidor final há tempos já vem trabalhando para se adequar a essa nova realidade um bom exemplo são os supermercados que tem iniciativas próprias como as grandes redes Wal-Mart, Carrefour e Pão de Açúcar que declararam a suspensão da compras de fazendas envolvidas no desmatamento da Amazônia e se propõe a auditar a origem de seus produtos.


A chamada Responsabilidade Social Corporativa (RSC) avança por toda cadeia produtiva e vem sendo influenciada pela evolução das Normas de Gestão Empresarial, o que possibilita uma avaliação. Em 2004, a Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT editou a NBR 16001, primeiro documento normativo a estabelecer requisitos para Sistema da Gestão da Responsabilidade Social e principal referência para a certificação desse tipo de sistema de gestão, no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade – SBAC. A ABNT NBR 16001:2004 reúne um conjunto de requisitos associados à ética, cidadania, direitos humanos e desenvolvimento sustentável e foi elaborada de modo a ser aplicável a todos os tipos e portes de organizações ajustando-se às diferentes condições geográficas, culturais e sociais do país.

Neste mês de Junho a Associação Comercial de São Paulo tornou-se a primeira entidade de classe  a conquistar a Certificação de Responsabilidade Social (NBR 16001:2004).

De acordo com o presidente da ACSP, Alencar Burti, “essa conquista evidencia uma grande oportunidade de legitimar o esforço em todo tratamento das causas sócio-econômico-ambiental, com que temos relação direta. Trabalhamos diariamente dentro dos preceitos necessários e alcançamos mais essa conquista”.

A Fundação ‘Carlos Alberto Vanzolini’, é a organização que auditou e certificou o Sistema de Gestão da Responsabilidade Social, da ACSP. Todo processo de implantação da norma contou também com uma consultoria especializada, a BSD Consulting.

Email this page
Este post foi publicado emResponsabilidade Social, Sustentabilidade e tags , . Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado ara trackbacks, mas você podepostar um comentário.

Deixe uma resposta